Bovespa fecha em alta de quase 2% com clima positivo no exterior e análise do cenário nacional

Criado em 06/04/2021 por Administrador


Nesta segunda-feira (5), o principal índice da bolsa avançou 1,97%, a 117.518 pontos.
Por G1

A bolsa de valores brasileira, a B3, fechou em alta quase 2% nesta segunda-feira (5), beneficiada pelo clima mais positivo no exterior e com os investidores de olho na cena política local.

O Ibovespa terminou o dia com ganho de 1,97%, a 117.518 pontos. Veja mais cotações.

Com o resultado, a bolsa acumula alta de 0,76% no mês, e queda de 1,26% no ano.

Na cena corporativa, o conselho de administração da Vale aprovou um programa de recompra de até 270 milhões de ações ordinárias e ADRs (recibos de ações), que representam 5,3% do número total de ações em circulação, com base na composição acionária de 28 de fevereiro de 2021.

Cenário
No exterior, o clima era de maior otimismo nas bolsas, com os investidores retornando do fim de semana prolongado comemorando dados que mostraram a mais forte criação de vagas de trabalho em sete meses nos EUA, que reforçaram apostas na recuperação da economia global.

Já os preços do petróleo recuavam, com o Brent abaixo de US$ 64 devido a uma expectativa de maior oferta da Opep e à crescente produção no Irã, que compensaram sinais de uma retomada econômica forte nos Estados Unidos e expectativas de uma recuperação da demanda em geral em 2021.

Na cena doméstica, permaneceram as preocupações em torno da saúde das contas púbicas e do Orçamento 2021 após o relator, senador Márcio Bittar (MDB-AC), aceitar cancelar R$ 10 bilhões em emendas parlamentares do texto.

O Orçamento endossado pelos parlamentares duas semanas atrás causou preocupações, nas avaliações de analistas e de integrantes do próprio governo, por trazer estimativas irreais de gastos e receitas e pelo robusto volume de emendas parlamentares, o que elevou os prêmios de risco dos ativos financeiros locais.

Os economistas do mercado financeiro reduziram a estimativa para a alta do Produto Interno Bruto (PIB) no ano de 3,18% para 3,17%. Foi a quinta queda seguida do indicador. Para 2022, o mercado baixou de 2,34% para 2,33% a estimativa de expansão da economia brasileira.


A projeção do mercado para a inflação oficial do país em 2021 ficou estável em 4,81%. Já a expectativa para a taxa básica de juros no fim de 2021 permanece em 5% ao ano.

O Brasil de aproxima da marca de 13 milhões de casos confirmados de coronavírus. O Brasil registrou 1.233 mortes por Covid nas últimas 24 horas, totalizando neste domingo (4) 331.530 de óbitos. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias ficou em 2.747.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0