Filas no INSS: governo decide convocar também peritos aposentados Decisão mira atendimento a doentes, deficientes e pedidos de aposentadoria por invalidez. Governo já havia anunciado a convoc

Criado em 01/02/2020 por Administrador


O governo decidiu convocar mais uma categoria de aposentados para ajudar a diminuir as filas do INSS. Além de militares da reserva e aposentados civis, peritos aposentados do INSS foram incluídos na lista dos que serão chamados.

Com filas, atrasos em concessões e falta de pessoal, INSS não tem concurso público previsto
Segundo fontes do governo, a perícia tem o melhor desempenho em muitos anos. Hoje, a média de espera, que em 2015 passada de 60 dias, hoje está em 11 dias. Mas ainda há lugares onde espera ultrapassa 45 dias, como em Vilhena (RO) e em cidades do Oeste de Santa Catarina, como Chapecó.

Com essa nova medida, o governo mira resolver o atendimento de uma parcela frágil dos beneficiários: são aqueles que dependem de Benefício de Prestação Continuada (BPC), como deficientes e aposentados por invalidez.

Os peritos estão vinculados à Secretaria de Previdência do Ministério da Economia e, portanto, não estão incluídos no grupo de aposentados civis, ligados ao INSS, que o governo já anunciou que pretende convocar.

A medida provisória que vai trazer esse planejamento do governo sobre as convocações está sendo finalizada e deve ser publicada na semana que vem.

Atrasos nas concessões
Dos cerca de 2 milhões de pedidos de aposentadorias e outros benefícios previdenciários, 1,5 milhão estão parados por falha no sistema e 500 mil estão à espera de documentos que dependem dos segurados.

INSS: com falhas e sistema travado, pedidos de benefícios se acumulam e fila de espera chega a meses
A reforma da Previdência está valendo desde novembro, o que levou a uma corrida por pedidos do benefício, que ajudou no descompasso entre os requerimentos e as análises. Contribui ainda para o represamento de pedidos o sistema ainda não ter sido adaptado para as novas regras.